Slide Show de Imagens
Apresentação Princípios Considerações Quem Somos Notícias Comunicados Fotos Eventos Publicações Contatos
Princípios
Nossa proposta para aumentar e sustentar a produção agropecuária se baseia no uso racional dos recursos naturais, compatibilizando-os com as necessidades de benefício econômico através de utilização de tecnologia adequada, que possa harmonizar esses fatores. A AGRICULTURA SEM PREPARAÇÃO DO SOLO, PLANTIO DIRETO, CONSTITUI NOSSA PROPOSTA CENTRAL. Este nos permite, desde um ponto de vista conceitual, considerar o solo com um RECURSO NATURAL RENOVÁVEL. A pesquisa científica e a aplicação desta tecnologia pelos Produtores Inovadores de América, vem demonstrando que este sistema de produção não só evita a deterioração do solo, como também o melhora e conserva. ?Além disso, permite a transformação do recurso SOLO EM RENOVÁVEL e da AORICULTURA EM SUSTENTÁVEL

A não-movimentação do terreno e a manutenção de resíduos vegetais na superfície formam um solo coberto, com características próprias tornando resistente ao processo erosivo, incrementando a infiltração e reduzindo a evaporação da água: aumentando a difusão do ar e a atividade biológica. Como conseqüência direta destes fatores há uma maior fertilidade.

Este sistema permite também moderar os efeitos negativos do que geralmente constitui a variável climática mais importante: A CHUVA. Assim como resultado desta soma de fatores, há uma maior estabilidade na produção agrícola, objetivo este desejado pelos produtores e governos.

O AUMENTO DE PRODUTIVIDADE (que se pode conseguir num futuro mediato, com este sistema de produção) PODERIA MINIMIZAR A NECESSIDADE DE SEGUIR EXPANDINDO AS FRONTEIRAS AGROPECUÁRIAS, como mecanismo de manutenção do aumento dos volumes de alimentos demandados por uma população mundial crescente.

A diminuição e/ou neutralização dessa necessidade de expansão das fronteiras agrícolas traria como primeira e benéfica conseqüência, o decréscimo e/ou desaparecimento da necessidade de devastação e posterior incorporação a produção agrícola de bosques e áreas florestais do planeta. Poderia produzir-se um efeito similar no que diz respeito a necessidade de avançar com a atividade agropecuária sobre terras de características marginais.

Grandes benefícios seriam obtidos se o processo descrito no parágrafo anterior se tomasse realidade, se analisarmos sob o ponto de vista de um a PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE DE UMA FORMA MAIS EQUILIBRADA. Além disso, PROTEGENDO E MANTENDO UMA BIODIVERSIDADE MAIS RICA E ADEQUADA, estaríamos possibilitando uma melhoria nas condições futuras de vida no planeta.
Instituições Membros
Febrapdp AUSID Fepasidias AAPRESID
Apresentação Princípios Considerações Quem Somos Notícias

Comunicados Fotos Eventos Publicações Contatos
© 2012 - caapas.org
Todos os direitos reservados